GOOGLE_ANALYTICS
100%

Projeto de Decreto Legislativo 0017/2017

Projeto de Decreto Legislativo 0017/2017


"Concede o Título de Cidadão Emérito de Vacaria ao Sr. "Mário Geraldo Vieira Borges".

Art. 1º - É concedido o Título de Cidadão Emérito de Vacaria, ào Sr. Mário Geraldo Vieira Borges, pelos relevantes serviços prestados a Comunidade Vacariense.
 
Parágrafo Único - A distinção de que trata o caput deste artigo, será entregue em Sessão Solene previamente marcada em mês de outubro de 2018, na semana em que se comemora o dia do município.
 
Art. 2º - Fica a Mesa da Câmara Municipal, autorizada à providenciar a confecção do referido Título, bem como as demais despesas necessárias para a realização da solenidade.
 
Art. 3º - A despesas decorrentes deste Decreto, serão suportadas pelas dotações do orçamento do Poder Legislativo, em execução.
 
Art. 4º - Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.


Vacaria, 13 de novembro de 2017.



 


Moacir Bossardi (PSDB)
 





JUSTIFICATIVA

 
Mário Geraldo Vieira Borges nasceu em Vacaria em 20 de Julho de 1958, sendo o filho mais velho de Abtino Silveira Borges e de Cely Terezinha Vieira Borges.
Na sua infância, seu pai gostaria que ele se dedicasse somente aos estudos, mas ele já queria trabalhar; e por isso pediu a um vizinho uma caixa de engraxate e trabalhou como engraxate durante uma semana. Seu pai, trabalhava como caminhoneiro e ficava dias e dias fora de casa, muitas vezes sem saber o que seus filhos andavam fazendo. Num determinado dia, quando chegou de viagem, ficou sabendo do trabalho de Mário e fez o filho devolver a tal caixa de engraxate e falou então com muitas pessoas amigas e conhecidas para arranjar-lhe um trabalho como torneiro mecânico.
Mário então começou a trabalhar na Metalúrgica Tomazi aos seus 12 anos de idade, trabalhava como modelador de matrizes para confecção de pneus. O serviço que ele fazia não tinha nada a ver com o torno,mas ele trabalhou na metalúrgica durante seis meses.
Depois disso, seu pai falou com o Sr. Nelcy Ataíde da Silva, que era torneiro mecânico (formado no SENAI) para ele ensinar o seu filho Mário a trabalhar como aprendiz, sem remuneração nenhuma. Nelcy no entanto, não queria pegar ninguém para trabalhar com ele, mas por amizade ao pai do Mário, ele acabou aceitando o pequeno operário, que trabalhou na oficina dos 13 aos 18 anos de idade. Trabalhava durante o dia e estudava a noite.
Quando completou seus 18 anos, Mário foi servir o exército em Lages (SC) por quatro anos, trabalhava nas oficinas de torno e solda do quartel. Estudou no Colégio Industrial de Lages, da 6ª à 8ª série e em 1981 retornou a Vacaria onde continuou a trabalhar com o Sr. Nelcy.
Neste período, de 1981 à 1985 formou-se em técnico em contabilidade no Colégio São Francisco. Mas Mário na verdade, tinha um sonho de cursar Engenharia Mecânica, mas na época o curso só existia fora de Vacaria e devido as dificuldades de transporte que havia, o seu sonho de cursar um ensino superior ficou para trás.
Em 12 de dezembro de 1987 casou-se com Sara Simone Vieira Borges, com quem tem seus dois filhos, Kleyton e Ketlen, que para ele, a sua família é o seu maior estímulo para a vida.
Em 1991, Mário saiu da oficina do Sr. Nelcy e foi trabalhar por conta própria (como autônomo) nas dependências da oficina do seu pai e de seu tios, popularmente conhecida como fábrica de Esquadrias de Portas e Janelas de Madeira dos Borguinhos.
Em 1996, Mário montou a sua própria oficina, onde até hoje ele faz serviços de torno e solda, retífica de engrenagens e serviços de rodas de liga. Ele presta serviços à toda a região de Vacaria e outros municípios.
O nome de sua oficina é MGB Torno e Solda. Todo mundo o conhece como o Marinho Torneiro.
Em 2014, Mário aposentou-se com 37 anos de serviço e 56 anos de idade e o Sr. Nelcy foi para ele o seu primeiro e único patrão. Mas atualmente continua à exercer a profissão, pois ama o que faz e exerce com muita dedicação.
É católico praticante e em seus momentos de laser, gosta de participar de festas religiosas, jantares com a família, CTGs e adora jogar futebol de salão, seu time de coração é o Internacional.
“ É preciso saber viver, mas viver bem a vida”

Vacaria, 13 de novembro de 2017.


 


Moacir Bossardi (PSDB)
 
  OBS: As normas e informações complementares, publicadas neste site, tem caráter apenas informativo, podendo conter erros de digitação. Os textos originais, revestidos da legalidade jurídica, encontram-se à disposição na Câmara Municipal de Vacaria - RS.
Protocolos desta Publicação:Criado em: 14/11/2017 - 16:19:40 por: Moacir Bossardi - Alterado em: 14/11/2017 - 17:01:13 por: Edenilson Moreira Martins